Primeiras aulas do curso Amazon CloudWatch: Visibilidade completa das aplicações e serviços na nuvem

Amazon CloudWatch: Visibilidade completa das aplicações e serviços na nuvem

Monitoração com CloudWatch - Introdução

Sejam bem-vindos a mais um curso, eu sou o Ricardo Merces e, continuando na temática do estudo de recursos da nuvem da AWS, a gente vai falar, agora, sobre o CloudWatch. Mas o que vem a ser o CloudWatch, para que que serve, o que eu faço, com mais essa funcionalidade?

A ideia de a gente estudar o CloudWatch, é entender como a gente pode, não só, monitorar as instâncias, os recursos e, principalmente, monitorar as nossas aplicações, que estão rodando dentro desse cenário de nuvem, por que monitorar a aplicação?

A gente precisa monitorar, para que a gente possa ser avisado em caso de algum problema, ninguém quer ser avisado pelo cliente, o teu site está fora do ar, isso não cabe mais, a gente tem recursos para receber esse tipo de informação em tempo real.

É isso que a gente vai estar estudando, a gente vai ver alguns gráficos, fazer comparação, analisar como é que tá o desempenho da nossa máquina, saber quando está gerando de custo, porque a gente tá usando serviço na nuvem, criar alguns monitores e, mais importante ainda, criar alguns alertas, para que a gente seja avisado, em tempo real, caso ocorra uma falha na nossa aplicação.

Para a gente começar logo, aí na console da AWS, que a gente vai começar a criar os nossos monitores, os nossos alertas, para que a gente tenha, realmente, uma visão total das nossas aplicações.

Monitoração com CloudWatch - Primeiro alarme

Para a gente iniciar, é legal a gente ter uma visão geral, do que é o serviço, alguns conceitos iniciais, para a gente dar início ao nosso trabalho, na página de documentação da AWS, eu sempre recomendo que você olhe a documentação, porque sempre vai agregar uma ou outra informação, vale a pena, depois, dar uma passada por lá, mas vamos dar uma olhada nesse diagrama aqui.

Basicamente, o CloudWatch, qual vai ser o papel dele? Ele vai ser um concentrador de eventos, de logs, como tá aqui no diagrama, ele fica recebendo como input, por exemplo, os dados do teu site, que dados são esses? A gente vai subir uma aplicação web e vai ficar monitorando, por exemplo, consumo de CPU, ocupação de disco, como está a taxa de transferência, coisas do tipo, do dia a dia de um processo de monitoração.

Ele tem esse papel, aqui, de ser o recebedor, ou seja, ser o concentrador dos lotes, o conceito de Sislog, a gente tá mandando tudo para ele e, além de concentrar as informações, a gente consegue, dentro dele, gerar alguns gráficos, para poder fazer uma análise, até visual, mediante um problema que tá acontecendo, e não só visualmente, mas a gente tem como criar ações, que é o que eu disse lá na introdução do nosso curso, que ações seriam essas?

Por exemplo, um e-mail para tua equipe de suporte, uma notificação SMS, para o pessoal de desenvolvimento, pessoal de infra, que está responsável por cuidar da aplicação, um post lá no Slack, a gente vai fazer isso, muito legal, vai ter um tópico de monitoração, onde, acontecendo um problema, o time de operação recebe a mensagem, “deu um problema aqui no site XPTO, essa é a ideia, aqui, do CloudWatch.

A base dele, a gente vai abrir aqui a console, ele chama lá de alarmes, a gente vai configurar alguns alarmes, combinados com a monitoração, isso tudo vai ficar mais claro, vamos começar.

Loga na tua console e a gente, uma vez aqui na console, já autenticado, a gente vai usar o serviço CloudWatch, eu já criei um atalho aqui em cima, sempre lembrando, vai no pino, arrasta o que você quer para cá e ele já facilita a tua vida, já tenho aqui o CloudWatch, já tenho a EC2, para a gente subir a nossa instância, nele que a gente vai trabalhar. Como é o painel do CloudWatch?

Quando tiver tudo pronto, no item “Dashboard”, vai aparecer, aqui, os gráficos que a gente está fazendo, mas não vamos começar pelo gráfico, vamos colocar a mão na massa e criar o primeiro alarme, que eu tenho certeza que, para muitos, vai ser o principal alarme, qual alarme seria esse? O alarme de custos, é importante você monitorar como estão, como é que tá sendo bilhetado, ou seja, como tá sendo registrado, os custos dos recursos que você está usando na nuvem, e é muito fácil criar esse tipo de alarme.

Se você, hoje, não tem nenhum alarme, o que acontece, você vem aqui na tua conta, “My Billing Dashboard” e aqui você vê, como é que estão sendo distribuídos os recursos, o que importa é quanto você vai pagar mensalmente pela utilização deles, tá vendo, o meu tá variando aqui, esse valor, nesse mês aqui outubro, eu tô com esse custo aqui.

É legal a gente “setar” alguns parâmetros, por exemplo, “Ricardo eu tô desenvolvendo a minha aplicação, é um aplicação de teste para o meu cliente e eu quero, eu combinei com ele, que a gente vai manter isso num custo de, sei lá, $40 por mês, se “seta” um alarme para ser informado, como é que isso tá subindo, está abaixo e, assim, você não precisa ficar clicando para visualizar isso, já recebe direto essa informação.

Mas vamos criar um alarme lá, se a gente voltar aqui no CloudWatch, vamos criar o nosso primeiro alarme aqui, eu venho em “Alarms”, “Create Alarm”, ele já tem, predefinido, vários tipos de alarmes aqui, a gente, durante o curso, vai tanto utilizar alarme para definido, como a gente vai criar os nossos próprios alarmes.

Eu venho aqui, esse “Billing Metrics”, a parte de pagamento, que é o que a gente quer medir, eu vou clicar nessa primeira opção aqui, ele abre um cenário de como vai ser, aqui, o nosso alarme, o que acontece? Eu vou usar essa métrica, os alarmes são baseados em métricas, ele vai coletar os dados, vai plotar isso no gráfico e, mediante a métrica que a gente criar, ele tem uma ação associada a ele.

No caso, aqui, a ação associada, vai ser notificar a gente por e-mail, então, olha só, eu vou fazer o seguinte, tá marcado aqui, que é a opção que tem, vamos deixar o default, aqui já está o custo, tá vendo, ele já plotou, conforme estava lá no relatório de despesas, 34 e alguma coisa, eu vou usar, por enquanto, todos os defaults, ele vai preencher isso para a gente, aqui.

Vamos lá, avançar, ele vai fazer a leitura, vai plotar lá no gráfico, o nome “AlarmeCustos”, aqui, muito simples, a gente “seta” lá uma simples expressão, eu quero, se o alarme for maior ou igual, está em 34, então, vamos “setar” em 40, eu “setei” aqui, em 40, o que ele vai fazer para mim? Se ele chegar nesse valor, aqui, ele manda um alarme para mim.

Mas já para acontecer alguma coisa na prática, eu já vou criar um alarme, que eu sei que já passou, o nosso uso, já passou de 30, a minha linha base, a minha linha limite, seria 30, eu vou colocar 30 aqui, vou manter os defaults, o que é importante aqui? As ações do alarme, quais são as ações? Eu quero que ela fique, acontecendo o alarme, eu quero que ele avise e volte, eu quero que ele mantenha o alarme, isso a gente configura aqui nessas ações.

Por enquanto, os defaults, ele vai ficar lá no status de alarme e eu quero enviar uma notificação, eu vou selecionar uma lista de pessoas para mandar essa notificação, vou criar uma nova lista e vou colocar o meu e-mail, está lá o e-mail aqui, tudo configurado, “Enter a topic name...”, o que é isso Ricardo? Eu vou mandar um e-mail, mas para que “Topic”? “Topic” está relacionado dentro da AWS, a um novo serviço e a gente vai ver isso, na continuação, no próximo vídeo.

Monitoração com CloudWatch - Incluindo o alarme no dashboard

No vídeo anterior, a gente parou, exatamente, nesse ponto aqui, onde a gente estava criando a lista que vai receber o e-mail, lista de pessoas, e eu parei aqui, dizendo para vocês que a gente precisava de um tópico, o que é essa questão de tópico?

Vamos preencher isso aqui, vamos colocar um nome, eu vou botar, o nome do tópico vai ser “awsCustos”, eu coloquei aqui “awsCustos”, que é o nome do tópico e tá lá o meu e-mail, agora eu posso criar o alarme, quando a gente vai fazer essa criação, como a gente fez notificação por e-mail, ele já tá dizendo aqui, estou esperando que você me confirme seu e-mail, eu vou abrir meu e-mail, olha só, abriu o e-mail, já chegou aqui a confirmação de inscrição.

Vamos fazer a confirmação, cliquei aqui, ele vai fazer a confirmação, ele vai fazer atualização, dizendo lá que foi confirmado e agora vamos verificar o alarme, “View Alarm”, está aqui o nosso alarme criado, certo, quando a gente cria um alarme, tem alguns status dele, ele pode aparecer com dados insuficientes, como “Ok”, o que é esse “Ok”? Que ele tá configurado, mas ele não foi acionado e, quando ele tá em vermelho, é porque, realmente, foi acionado como a gente definiu, por que isso?

Porque, se você visualizar o alarme, eu tinha “setado” ele em 30 e eu já passei desse custo aqui, então, na minha telinha, no meu console, é bem legal que já aparece em vermelho, eu já tenho um alarme, aqui, ativado, a gente pode pegar ele e adicionar, agora, ao nosso dashboard, clico em adicionar o dashboard, está fazendo aqui, vou botar a área pintada, para ficar melhor, selecionar dashboard, a gente tem algum dashboard criado?

Não, então, eu já crio um novo aqui, “sitePrincipal”, esse vai ser o dashboard, tudo marcado, “AlarmeCustos”, vamos ver aqui, ele criou e liberou, aqui, para gente adicionar, agora, a gente já tem um alarme e se você vier no dashboard, começa a ficar com aquela cara, realmente, de algo que você já está monitorando, ele vai preencher isso daqui e a gente vai aprender a ajustar os parâmetros, ou seja, os eixos, de quanto em quanto tempo ele atualiza, como ele mostra esse gráfico, mas quando a gente chegar lá no capítulo de dashboard.

Por enquanto, o que importa é você já ter adicionado ele para cá e estar com o alarme criado, o que a gente precisa fazer agora? Eu vou carregar minha aplicação e a minha aplicação baseia-se em uma máquina EC2, que vai ter lá o meu site e toda parte de dados site, que é um site de fotografias, as fotos eu vou colocar num Bucket S3, a partir dessa simples aplicação, é que a gente vai criar toda a nossa parte de monitoração.

No próximo vídeo, a gente começa a subir a nossa aplicação, que nada mais é, como eu acabei de falar, uma máquina EC2 e um Bucket S3, então, vamos continuar para a gente incrementar o nosso sistema de monitoração.

Sobre o curso Amazon CloudWatch: Visibilidade completa das aplicações e serviços na nuvem

O curso Amazon CloudWatch: Visibilidade completa das aplicações e serviços na nuvem possui 135 minutos de vídeos, em um total de 39 atividades. Gostou? Conheça nossos outros cursos de AWS em DevOps, ou leia nossos artigos de DevOps.

Matricule-se e comece a estudar com a gente hoje! Conheça outros tópicos abordados durante o curso:

Aprenda AWS acessando integralmente esse e outros cursos, comece hoje!

Plus

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$85
à vista R$1.020
Matricule-se

Pro

  • Acesso a TODOS os cursos da plataforma

    Mais de 1200 cursos completamente atualizados, com novos lançamentos todas as semanas, em Programação, Front-end, UX & Design, Data Science, Mobile, DevOps e Inovação & Gestão.

  • Alura Challenges

    Desafios temáticos para você turbinar seu portfólio. Você aprende na prática, com exercícios e projetos que simulam o dia a dia profissional.

  • Alura Cases

    Webséries exclusivas com discussões avançadas sobre arquitetura de sistemas com profissionais de grandes corporações e startups.

  • Certificado

    Emitimos certificados para atestar que você finalizou nossos cursos e formações.

  • Alura Língua (incluindo curso Inglês para Devs)

    Estude a língua inglesa com um curso 100% focado em tecnologia e expanda seus horizontes profissionais.

12X
R$120
à vista R$1.440
Matricule-se
Conheça os Planos para Empresas

Acesso completo
durante 1 ano

Estude 24h/dia
onde e quando quiser

Novos cursos
todas as semanas