Com qual idade começar a programar?

Paulo Silveira
Paulo Silveira

Compartilhe

Há uma dúvida frequente entre as pessoas que estão em transição de carreira e já possuem anos de experiência em outras áreas:

"Com quantos anos posso começar uma carreira em programação? Ser Dev."

Não há idade para começar a programar.

A Alura acabou de contratar um Dev com 47 anos de idade que antes trabalhava com operações de logística.

É fácil entrar com mais idade na carreira de dev? Não, não é fácil. Mas é possível e realmente vejo nosso mercado com menos preconceito do que muitos outros.

Para reforçar, vou contar a história do Thiago Andrade Fernandes. Ela está nesse video com muitos detalhes:

Porém mais interessante é poder saber que uma simples conversa comigo pode inspirá-lo e fazê-lo acreditar na mudança. E de que programação não é ciência de foguetes.

Dia 16 de abril de 2020 ele me mandou essa mensagem no Linkedin:

"Boa tarde Paulo. Em outubro de 2018 participei do IT FORUM X, onde nesse dia assisti uma palestra sua, achei sensacional, pois estava mostrando sobre uma visão do trabalho de T.i no futuro, e muitas coisas já estão acontecendo. Resumindo: no final fui falar com vc, e lhe perguntei se com 33 anos era velho para mudar para a área de tecnologia, pois bem vc falou muita coisa legal pra mim, só que o mais importante foi que nunca era tarde. Ingressei a uma universidade e esse ano me formo em Redes de computadores, estou estagiando na área, e fazendo alguns cursos para ir trabalhar na área da segurança Da Informação, só tenho que lhe agradecer. Muito obrigado pelas palavras, só quero que saiba que vc é uma pessoa diferenciada, e que Deus te abençoe. Obrigado."

Confesso que não lembro da conversa, mas sempre tive esse tipo de discussão. Sempre com pé no chão, sem iludir, pois não é trivial independente da idade.

Minha resposta, entre várias coisas, tem um: "mandei ate pra minha familia Thiago. parabens mesmo. curioso como as vezes uma simples fala pode inspirar". E é verdade. Algumas conquistas, quando bem particulares, gosto de compartilhar com minha família e amigos, não só com a empresa e a escola.

Lembre-se que a sua palavra, sua atenção, pode impactar muito as pessoas que não tem a mesma experiêrncia na área. Incentivar, sendo sempre realista, gera um resultado maior do que a gente imagina.

Histórias de transição de carreira

Quer mais depoimentos e histórias de alunos e alunas que fizeram esse movimento na Alura? E que misturaram suas profissões com desenvolvimento de software, verdadeiros Dev em T? Aqui:

A história da Fernanda, atriz:

Rafael, que cursou Letras:

E o Victor, que a contratamos aqui na Alura e temos muito orgulho de sua trajetória:

Paulo Silveira
Paulo Silveira

Paulo é CEO da Caelum, reconhecido na comunidade de desenvolvedores, tendo participado de projetos no IBOPE e dentro da Caelum. É fundador do maior fórum de desenvolvimento em língua portuguesa, o GUJ.com.br e participa na comunidade open source. Mestre pela USP em Geometria computacional, liderou o desenvolvimento do LMS da empresa e atualmente gerencia mais de 100 colaboradores.

Veja outros artigos sobre Programação